Eu já cumpri a Lei, e você?

IMG_6396.JPG

Em nossa última conversa, eu disse que os cristãos do Novo Testamento não eram guiados pela Lei, e sim pelo Espírito Santo. Sempre que alguém prega algo assim, é rebatido com uma desculpa recorrente no meio evangélico: “Jesus disse que não veio revogar a Lei, e sim cumpri-la”.

Achar que essa declaração justifica nossa tentativa de cumprir a Lei é uma demonstração clara de que não entendemos o que Jesus veio fazer. E, como eu disse no último texto, não entendemos porque nossos líderes nos ensinam erroneamente e porque não estudamos, nós mesmos, as Escrituras.

Ainda que você conheça o Evangelho, acompanhe esse raciocínio. Você e eu não podíamos cumprir a Lei de Deus. A história humana e as Escrituras deixam claro que isso é impossível para qualquer ser humano. E qual o preço por violar a Lei? O afastamento eterno de Deus – a morte definitiva.

Nossa danação era certa. Mas Deus, porque nos amou, resolveu enviar Jesus para assumir nosso lugar. Assumir nosso lugar. Sabe o que isto implica? Neste contexto, pelo menos duas coisas.

Primeiramente, é um dos motivos de Jesus dizer que não veio revogar a Lei. Nenhum ser humano pode abolir a Lei de Deus. E para tomar nosso lugar, Jesus veio em condição humana.

Uma segunda implicação é que Jesus não seria um sacrifício vicário puro se não cumprisse a Lei, pois descumpri-la o tornaria tão pecaminoso quanto você e eu. Se ele morreria assumindo nosso lugar e isso precisava ser feito em pureza, ele precisava cumprir a Lei.

Jesus veio como um ser humano especial para fazer o que era impossível para qualquer ser humano normal. Ele veio em posição de vantagem para fazer por nós o que jamais poderíamos fazer sozinhos. Veio nascido do Espírito, sem a semente do pecado com a qual nascemos, para poder viver uma vida reta e apresentar-se a Deus em nosso lugar. De novo essa expressão. Vamos aprofundar seu significado ainda mais.

Biblicamente, se Jesus morreu em meu lugar, eu morri. Ele morreu como eu. Somos considerados mortos para o mundo porque Cristo morreu em nosso lugar – como nós – para que não precisássemos morrer. Ele ressuscitou em nosso lugar – como nós – para que não precisássemos enfrentar a sepultura, o inferno, e vir à vida novamente (o que jamais poderíamos fazer, de qualquer maneira). E ele cumpriu a Lei em nosso lugar – como nós – porque o Pai sabia perfeitamente que você e eu jamais poderíamos cumpri-la.

Se eu não preciso morrer e ressuscitar porque Jesus fez isso por mim, por que preciso cumprir a Lei, já que ele mesmo disse que veio cumpri-la? Se estudássemos as Escrituras, entenderíamos que quem está em Cristo já cumpriu a Lei. Observe.

Aquilo que a Lei fora incapaz de fazer por estar enfraquecida pela carne, Deus o fez, enviando seu próprio Filho, à semelhança do homem pecador, como oferta pelo pecado. E assim condenou o pecado na carne, a fim de que as justas exigências da Lei fossem plenamente satisfeitas em nós, que não vivemos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:1-4

Jesus não veio revogar a Lei de Deus porque ele não poderia. E veio cumpri-la porque nós não poderíamos. Jesus não veio revogar a Lei para ser maldito como nós. E veio cumpri-la para sermos justos como ele.

2 comentários

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s