Meu pastor não manda em mim

FullSizeRender.jpg

Há duas semanas, nós vimos a Bíblia explicar que cada um dará conta de si próprio diante de Deus. Por isso, seu pastor não é responsável pela sua vida espiritual – você é que é.

Nós observamos que não é prerrogativa do pastor assegurar a santidade das ovelhas, mas sim ensiná-las a caminhar em piedade por conta própria. Isso quer dizer que você não deve esperar ou aceitar que seu comportamento seja controlado por outra pessoa, mesmo que seja um pastor.

Isso tudo pode soar inovador para muitos. E, para os mais radicais ou legalistas, pode soar como um convite à rebelião contra o pastor e a igreja local. Então é assim? Você pode usar as questões bíblicas que estamos abordando para desobedecer às regras da sua igreja local? Bem, sim e não.

No texto da semana passada, eu disse que muitas regras de comportamento que permeiam a comunidade evangélica não são bíblicas; são apenas estratégias de pastores para controlar o comportamento das pessoas de acordo com a própria cobiça deles. Aqui entra o sim. Sim, você deve desobedecer.

Se você está numa igreja onde uma ou mais pessoas querem manipular suas escolhas, você não é obrigado a obedecer. Se não é o Evangelho, você não precisa se sujeitar. Você não estará sob maldição de ninguém se fugir dessa realidade. Foi para a liberdade que Cristo libertou você, e para encontrar o amor do Pai na comunhão com irmãos que o aceitam e participam ativamente da sua transformação à imagem de Jesus por meio da Palavra. Esses irmãos terão preocupação com você e vão exortá-lo, mas nunca tentarão controlar suas escolhas, pois isso é coação.

Agora, vamos falar do não. Não, você não deve desobedecer se a igreja onde você está tem um compromisso sério com as Escrituras, o ama e não abusa de você e da sua fé.

Nem sempre um bom pastor vai pedir que você faça apenas o que você aprecia. Mas se ele tiver interesse verdadeiro na sua saúde espiritual, emocional, e física, por que desobedecê-lo? Desobedecer a uma boa liderança à qual você se submeteu por escolha própria é tolice. É trabalhar contra você mesmo.

Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles. Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas. Obedeçam-lhes, para que o trabalho deles seja uma alegria e não um peso, pois isso não seria proveitoso para vocês. (Hebreus 13:17)

Se o seu líder cuida de você como se ele mesmo fosse prestar contas de você a Deus, você deve obedecê-lo. A questão aqui não tem nada a ver com o ensino terrorista da “maldição pela rebeldia”, mas a Bíblia está dizendo que se você desobedece a um líder que o ama, você não vai ter benefício nenhum. É perda de tempo estar com ele e não seguir suas instruções. Se ele quer seu bem e ensina a verdade, desobedecer é burrice. Todo clube tem autoridade instituída, e autoridade serve para nos levar ao sucesso, o que ela só pode fazer quando é obedecida.

Fazer parte de uma comunidade implica comprometer-se por livre escolha com um contrato social. Existem responsabilidades que todos assumem ao se unirem em comunidade. Se você é ovelha de um pastor, foi você quem escolheu. Então seja adulto, e cumpra sua parte do acordo entre vocês.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s