Não se esforce tanto

 

O Novo Testamento ensina que viver na carne nos leva à morte, e que viver no Espírito nos leva à vida. São dois caminhos opostos e são os únicos disponíveis. Sua escolha, então, é bem importante.

Você sabia que um crente pode viver na carne sem querer e sem perceber? Na verdade, muitos evangélicos vivem exatamente assim. Estão sob um grande risco até que descubram como voltar ao caminho do Espírito.

Há quem pense que uma vida na carne é aquela da pessoa mais perversa. Mas ao ensinar sobre isso, Paulo sempre aponta para pessoas que vivem em alguma religião, tentando cumprir a Lei de Deus. Como é possível?

Vamos ser práticos. A vida no Espírito tem a ver com confiança no trabalho divino em nosso favor. A vida na carne tem a ver com confiança no trabalho humano. Essa compreensão simples pode salvar a sua pele.

Luta contra o pecado

Será que a gente confia no poder de Deus para vencer o pecado? A maioria dos cristãos que conheço tenta derrotar tentações com força de vontade e esforço próprio. É certo que são bem intencionados. Mas continuam experimentando fracasso. Por quê? Por que lutam conta as obras da carne com as forças da carne. Somente o Espírito Santo é quem nos santifica.

Serviço a Deus e ao próximo

Quantos crentes você conhece que fazem tudo com alegria a prazer legítimos? Já deve ter notado que os cristãos tendem a acreditar numa vida de sacrifício. Parece até que, se você não sofrer em favor de Deus ou de mais alguém, não é “tão espiritual”. Curiosamente, os avivalistas mais bem sucedidos no ministério em toda a história viveram com senso de satisfação e felicidade. Biblicamente, isso faz mais sentido. Afinal, Deus promete que seremos efetivos e plenos, não por força ou violência, mas pelo seu Espírito. Por isso tanta gente comissionada na Igreja se sente frustrada ou sobrecarregada: não está deixando o ministério ser habilitado pelo poder do Espírito; está tentando garantir que seu próprio trabalho seja ungido.

Relacionamento com Deus

Quanto esforço fazemos para Deus nos amar! Para Ele nos perdoar! Para “atrair” a presença dele e “conquistar” seu coração. Isso não combina com o fato de termos recebido gratuitamente o Espírito que nos adota, pelo qual podemos clamar “Papai”! Por que lutamos tanto para viver em comunhão com Deus se Ele é tão íntimo que se tornou um conosco? Por que estamos tentando nos relacionar com Deus baseados em nosso próprio sacrifício, e não no sacrifício de Jesus, o único caminho para o Pai.

Não é preciso lutar para garantir o que Jesus já garantiu. Se nossas vidas girarem em torno da nossa própria performance, teremos evidência suficiente de estarmos vivendo na carne. Mas uma vida abundante está bem ao seu alcance se você simplesmente viver no Espírito Santo.

4 comentários

  1. Cara , você é de Deus!! Amo suas pregações elas são simples,mas tem um poder imenso em cada detalhe .
    Seja sempre assim LUZ aonde for !

  2. Hey Mi!
    A paz. Aqui é a Bella irmã do Luiz lembra de mim?
    Primeiro, como vc está? Segundo, queria te perguntar em que ano foi o primeiro Flames e tbm como eu posso obter o e-mail do seu pai. O Senhor tem me lembrado de algumas coisas e eu queria agradecer o seu pai por muitas delas.

    Um abraço,
    Bella

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s