Conheça seu inimigo

 

O principal acusado de ser nosso pior inimigo normalmente é Satanás. Mas a Bíblia assegura que Jesus derrotou o inferno inteiro. Meu pai sempre diz que ao afirmar “Todo poder me foi dado nos céus e na terra”, Jesus deixou claro que não sobrou poder nenhum para Satanás. Definitivamente, este não pode ser nosso principal adversário.

Outro personagem que é sempre pego para Judas é o pecado. Dizem que ele é o inimigo que pode levar ao inferno. Mas todo o Novo Testamento demonstra que fomos libertos da escravidão do pecado – ele não pode mais nos dominar. Deus até promete que não vai sequer se lembrar do nosso pecado. Esse também não pode ser o Lex do nosso Clark.

“Então é a carne!”, alguém pode chutar. Na trave. O detalhe é que a gente tem o livro de Romanos para nos mostrar que, em Cristo, a carne não tem controle sobre nós. Isso já mostra que ela não é o problema principal. Mas o mesmo livro ainda reforça que o “corpo do pecado”, o “velho homem” ou simplesmente a tendência carnal de ceder ao pecado foram crucificados com Jesus.

O último réu a ser desmascarado é o mundo, que também é o mais fácil de eliminar da lista. Afinal, Jesus chegou a pedir ao Pai que nos protegesse do Maligno, mas não pediu que nos protegesse do mundo. Em vez disso, Jesus nos enviou ao mundo.

Esses foram os principais acusados de ser nosso pior inimigo. E nenhum deles é, de verdade, o pior. Seu arquiinimigo é sua crença enganosa. Isso pode até soar estranho porque é raro ouvir alguém dizendo isso. Então, vamos pensar.

O que contamina uma pessoa é o mundo? Jesus disse que não é o que entra no homem que o torna impuro, mas o que sai dele. O mundo nos contamina de verdade quando acreditamos em seu discurso, quando cremos que ele pode nos oferecer maior satisfação do que o nosso Pai. É no momento da crença que cedemos à sedução do mundo.

É a carne que precisa ser enfrentada? Todo crente que vive em batalha 24/7 contra uma chamada “natureza pecaminosa” sabe que o pesado fardo dessa luta eventualmente leva à queda. Mas os crentes que acreditam que essa natureza está sendo transformada pelo Espírito triunfam sobre seus desejos. A carne só vence quando cremos que ela pode vencer a natureza de Cristo em nós, e quando cremos que alimentá-la é mais importante que alimentar nosso espírito.

E o pecado, ele não vence algumas batalhas? Bem, não podemos esquecer que toda ação humana parte de uma crença. Inclusive as ações pecaminosas. O pecado só nasce quando cremos que Deus não foi bom ao proibir aquele certo fruto.

E quanto a Satanás? As pessoas dizem que ele ganha direito de agir em nossas vidas quando pecamos. Se a coisa fosse tão simples, quem escaparia dele? Eu conheci irmãos que usaram corretamente todas as estratégias de batalha espiritual que conheciam contra o Diabo, mas ainda sofriam seus tormentos. Acabei descobrindo que só não tinham tentado crer que Jesus era mais forte que Satanás. Ainda criam que as trevas tinham acesso livre a suas vidas e não havia nada que pudessem fazer contra elas. As trevas ganham território na vida de quem crê em suas alegações mentirosas de poder.

A fé é o veículo do mundo espiritual. Ela pode tornar o sonho real ou o pesadelo real. Mas tudo o que está no mundo invisível só vem ao mundo natural por meio da fé. O justo viverá pela fé. Somos salvos mediante a fé em Cristo. Por isso, seu pior inimigo é a crença que discorda de Deus.

 

4 comentários

  1. É preciso então, estarmos convictos de nossa fé, alcançando isso por meio da renovação de nossa mente e ouvindo a Palavra de Deus. Se não, todas essas flechas diárias caem sobre nos. É isso??

    1. Oi, Vanessa! Eu diria que ideias mentirosas tentam nos convencer todos os dias. O nosso papel é escolher não acreditar nelas, mas sim no que nosso Deus diz. Um abraço! ;)

      1. Entendi. Pude compreender melhor o que disse depois de ler algumas páginas do livro de Watchman Nee – O Sentido da vida. A princípio achei fácil e prático demais o que você falou, podendo ser confundido até com o poder da mente e tal. Certamente não o é!

      2. Certamente não tem a ver com o poder da mente, hahaha. Mas certamente é fácil e prático. Deus não complicou para nós. ;)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s