Carente, nada! você é normal

Talvez, assim como eu, você já tenha se sentido culpado ao observar suas carências emocionais. Muitas vezes eu me senti mal quando me via esperando aceitação das pessoas, por exemplo.

Sabe, ninguém se culpa por sentir sede nem por satisfazê-la. A gente simplesmente vai atrás de água e pronto. Ter sede faz parte da sua natureza. Mas essa natureza não é meramente física.

Os apetites do corpo são necessidades reais, e não caprichos. Como você sabe, tanto a parte visível como a parte invisível do ser se originam da mesma essência, que ordena todos os princípios que regem esse ser. Por isso o princípio da sede se manifestará, não apenas fisicamente, mas também no plano invisível.

Uma vez que a parte concreta da nossa natureza dirige sua sede a coisas concretas, faz sentido que a sede da nossa alma se dirija a coisas abstratas. Por isso, temos sede de respeito, de aceitação, de carinho, de afirmação, e de amor. Não são só as pessoas imaturas que precisam disso; não deixe que te digam o contrário. Nossa alma tem necessidades reais de alimento invisível assim como nosso corpo tem necessidade real de alimento visível. A existência do seu apetite é totalmente normal!

É claro que sede física se sacia no plano concreto. Logicamente, a sede da alma que é invisível só será saciada no plano invisível.

Nosso problema não é o tamanho do nosso apetite. Frequentemente estamos apenas dirigindo mal a nossa busca por alimento. Tentamos encontrar comida abstrata no plano natural. Buscamos satisfação para a alma em nós mesmos, em nossos parentes, em amigos, e em cônjuges. Essas pessoas têm capacidades limitadas de oferecer respeito, amor, e carinho, e elas não sabem como agir no plano invisível, onde realmente está nossa sede imaterial.

Agora, quer uma boa notícia? O mesmo Deus que criou todas as coisas está totalmente disposto a te suprir no natural e no abstrato. E Ele, ao contrário de todas as pessoas, é uma fonte inesgotável, tanto para o corpo, como para a alma. Pare e pense nisto: Ele pode e quer te saciar. Ele entende suas carências e é capaz de supri-las sem se cansar. Na verdade, Ele te criou para glorificá-lo enquanto Ele, pessoalmente, te satisfaz! Como John Piper diz, “Deus é mais glorificado em nós quando estamos mais satisfeitos nele”.

Sua carência é normal. Mas, se você tem sede de coisas invisíveis, busque o Deus invisível. Ele sabe como cuidar de você. Ele te respeita, te aceita, te afirma, te elogia, te faz companhia, te mima, te dá carinho, e amor. As almas que recebem alimento invisível do próprio Deus invisível são totalmente satisfeitas. Foi Jesus mesmo que disse: “Quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede” (João 4.14 a).

 

20 comentários

  1. Fato, realmente e verdadeiramente isso é um fato.Sei por experiencia própria. Deus é a fonte de todas as coisas quer materiais, físicas ou emocionais, como aquela musica que diz: todas as minhas fontes estão em Ti.
    Deus abençoe.

  2. vc sempre me abençoa com suas palavras,vindas direto do trono! que Yeshua te abençoe muito, assim como sou abençoada por vc! bjus

  3. #PalavraDoDia vaaaaleu irmão.. que Deus te abençõe na mesma quantia em que me edificou… te amo parceiro

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s