Amor (parte final)

A aparência e os modos do anjo pareciam refletir virtudes de outra pessoa. Era fácil acreditar que Deus existia.

– Então, todos são maus. Sei aonde você quer chegar. Mas responda, meu amigo. Sobre toda a face da Terra, quanta gente você viu fazer as mesmas coisas que eu?

– Você confunde espíritos e atitudes. Você não é o que faz.

Lendo em seu olhar um pedido para que se aprofundasse, o anjo continuou.

– Vocês, humanos, se baseiam em atitudes visíveis para julgar quem é bom ou mau. Mas o coração da pessoa mais bondosa pode cobiçar uma depravação inimaginável secretamente.

– Que seja. Há uma grande distância entre desejar o mal e praticá-lo.

– E você vai dizer que o fator determinante entre essas duas possibilidades é a nobreza de espírito de cada pessoa.

– Sim, claro!

– Não.

O homem poderia introduzir uma série de argumentos. Mas a convicção nos olhos do anjo, que sorria humildemente, lhe transmitia segurança de que não poderia vencer a discussão. Abaixando o tom de voz, tentou uma última resolução.

– É impossível dizer que pessoas boas e más sejam iguais.

– Todas as pessoas são iguais. São todas más. Apenas tomam decisões diferentes.

– Pois bem! Se são todos iguais, como alguns podem optar pelo bem? Haverá algo dentro deles que os induza a isso. Algo que não tenho, cuja ausência me torna pior!

O anjo, então, se ajoelhou sobre uma perna. Aproximando-se assim, prosseguiu.

– Finalmente disse algo sábio. Falta, mesmo, algo em você. A única coisa que conduz as pessoas à bondade. É o Amor.

O homem não respondeu. Se abrisse a boca, cairia em prantos novamente.

O anjo pousou a mão sobre um dos ombros do homem. Uma impressionante energia sobrenatural invadiu seu interior. Brilhando mais que antes, o anjo olhou ainda mais fundo em seus olhos.

– Você quer ser bom? Quer amar? Filho do homem, tudo que te falta te está disposto. Você quer ser amado?

Rios correram dos olhos do homem. E a última declaração do anjo foi esta:

– Você conhece a história. Jesus morreu para te dar uma nova vida. Deus te ama muito.

O homem irrompeu num choro profundo. Lançou-se debruçado nos braços do anjo. Este, por sua vez, brilhou mais e mais, até desaparecer.

Levou um bom tempo até que o homem chorasse todo o seu arrependimento, toda a sua dor e toda a sua gratidão por aquele imenso amor de Deus que o inundava. Passou alguns minutos jogado no chão, rendendo-se a Deus e agradecendo pela nova chance que recebia. Já nem lembrava mais do terror que estava vivendo antes daquilo tudo.

Quando finalmente conseguiu se levantar, enquanto enxugava o rosto das lágrimas, alguém bateu à porta de seu escritório. Com a devida permissão, um jovem fardado, seu braço direito, entrou à sala para apresentar relatório.

– As forças inimigas já ultrapassaram a maior parte das nossas resistências e continuam avançando em nossa direção. Receio que não nos reste alternativa a não ser a fuga, senhor. Quanto aos judeus, preparei soldados para executarem todos antes de partirmos. Estão à espera de um comando.

Pela primeira vez, o soldado foi chamado por seu superior pelo nome.

– Nenhum prisioneiro vai morrer hoje, Engelbert. Apenas ponha todos de volta em seus dormitórios. Deixe que as tropas inimigas os libertem.

O rapaz ficou parado, atônito. Depois de um gesto que o homem lhe fez com a cabeça, disse “Sim, senhor” e saiu da sala.

O homem sentou-se em sua cadeira, de frente para a grande janela atrás de sua mesa, olhando para o céu.

Naquele dia, muitos fugiram. Mas ele ficou ali, esperando por sua captura e prisão. Tinha medo. Mas nunca havia sentido tanta paz.

[Photo: Sajjad Hussain – AFP – Getty Images]

7 comentários

  1. O amor do SENHOR dura para sempre, misericórdia, sempre se achará n’Ele. Pleno, completamente incondicional ao coração arrependido, independente do passado de qlq um.
    =)

  2. Já comentei que essa estória é uma da melhores deste blog?! rsrsrs

    Gente muito lindo! lindo! lindo! lindo! lindo! lindo! xD

    O Amor do nosso D’us é PERFEITO!

    A forma como ELE faz as coisas e´INCRIVÉL! <3

    A cada dia me apaixono mais por ELE, a ponto de quer ser arrebatada! Gente que lindo!

    O ETERNO salvar um nazista! LINDOoOoOo !

    Vou dormir com essa estória na cabeça, vou contar pro pessoal da sinagoga, para minha familia e amigos! Lindo de mais!

    PARABÉNS! shalom*

  3. *Mitch isso foi verídico?!

    Porque se foi, essa é uma das melhores estórias que li neste blog! Que lindoooooooooooooooo!

    Imagina! isso acontecendo! Eu pude ver a sala, o anjo, a luz, as lágimas, o abraço! Gente que lindo! lindo! lindo! *.*

    A forma que essa estória foi contada. me lembrou um livro chamado “Este mundo Tenebroso”, muito bom também. Mas essa estória superou o Livro!

    Um encontro com D’us! maravilhoso! Um nazista aceitar Yeshua!
    O Nosso D’US ELOHIM é PERFEITO! ELE sempre cuida dos seus filhos, do seu povo escolhido e sempre salva aquele que não o conhece ainda.

    O nosso D’us dos Yehudim e dos Cristãos é o ÚNICO, ETERNO, PERFEITO, AMOROSO, MARAVILHOSO *-*

    Mitch, posso pegar essa estória e postar no meu blog?

    http://familiaide.blogspot.com/

    PARABÉNS! Uma estória que realmente toca o nosso ser!

    Parecia que eu estava dentro daquela sala no momento em que isso aconteceu, que LINDO! =D

    Shalom Mitch

  4. Verdadeiramente o amor do Senhor excede todo e qualquer entendimento!
    Vai além de palavras, é muito bom poder sentir este amor.

    Gostei muito, muitissimo!
    Deus o abençoe Mitch!

  5. Uauuuuuuuuuuuuu…. Incrível!!!

    Muito bom mesmo!!!

    Parabéns o conto ficou ótimo!!!

    Espero mais contos!! Hehe =D

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s